Pele Negra e os cuidados nos tratamentos estéticos.

04/10/2016

 

A pele negra é conhecida por ser mais resistente aos danos externos, isso acontece porque possui uma proteção natural ao sol, que reduz os danos mais comuns, como rugas e manchas. Mas vale lembrar, que isso não diminui a importância do uso diário do protetor solar. Observamos também que a pele negra têm outra vantagem, elas aparentam idade inferior à real. Porém, diante de tantas vantagens, há alguns cuidados especiais. Apesar de ser mais resistente ao envelhecimento, a pele negra é mais sensível tornando-se mais propensa ao surgimento de manchas, queimaduras e cicatrizes, entre os fatores que estimulam esse problema são: os procedimentos cirúrgicos ou estéticos feitos de maneira incorreta. Confira algumas dicas para prevenir esses problemas nos tratamentos:

 

Tratamentos a laser ou peeling é permitido?

A resposta é sim, as mulheres negras também podem usufruir dos tratamentos a lasers ou peelings, porém com potência ajustada. Claro, que decorrente a isso o número de sessões são bem maiores, devido aos cuidados. Como a pele negra têm mais melanina,  o risco de manchas e queimaduras tornam-se ainda maiores com o procedimento mal sucedido. Isso porque a energia da maioria dos lasers agem na pele e não estão preparados a alta concentração de melanina. Por isso, os especialistas recomendam tratamentos menos agressivos para remover manchas, já que este tipo de pele é mais sensível. O tratamento para a pele negra é mais extenso, porém com resultados bastante satisfatórios.

Para tratar as manchas os profissionais recorrem aos peelings e lasers menos agressivos e mais superficiais, como por exemplo, peeling de ácido retinoico, glicólico ou até mesmo de cristal. Servem apenas para rejuvenescer a pele, eliminar manchas e também limpar com profundidade as impurezas da pele.

 

Laser fracionado CO2:

Esse tratamento estimula a própria pele a fabricar mais colágeno, melhora a firmeza da cútis e o aspecto das rugas e marcas de expressão. Além disso, o laser fracionado também serve para remover manchas, deixando a pele mais firme e com uma aparência mais saudável.

 

 
Cuidados:
 

- Lasers mais profundos e agressivos são contraindicados na pele negra, tanto pelo alto risco de hiperpigmentação como pela alteração de cicatrização.

- A pele negra tem forte tendência a formação de cicatrizes hipertróficas e queloides. Portanto, antes de realizar qualquer procedimento estético consultar um especialista antes.

- Agende sua avalição gratuita e personalizada.

 

www.clinicacorporeum.net

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

PERCA ATÉ 10KGS em apenas 4 semanas.

09/07/2020

1/9
Please reload

Recentes
Please reload

© 2017 por midia@corporeum.net